CPR - Conselho Português para os Refugiados
Quinta do Pombeiro, Casa Senhorial Norte, Azinhaga do Pombeiro
1900-793, Lisboa
21 831 43 72

Constituído em 20 de Setembro de 1991, o Conselho Português para os Refugiados (CPR) é uma Organização não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) sem fins lucrativos, independente e pluralista, inspirada numa cultura humanista de tolerância e respeito pela dignidade dos outros povos.  O seu objetivo principal é promover, através de análises, trabalhos e trocas de informações, uma política de asilo mais humana e liberal, a nível nacional e internacional. O CPR gere dois centros de acolhimento para requerentes de asilo e refugiados, o Centro de Acolhimento para Refugiados (CAR), na Bobadela, e o Centro de Acolhimento para Crianças Refugiadas (CACR), no Parque da Bela Vista, em Lisboa. Gere ainda uma creche e jardim-de-infância “Espaço A Criança”, integrada no CAR. Está em contrução o seu terceiro centro de acolhimento, igualmente destinado ao acolhimento de requerentes e beneficiários de proteção internacional.

O CPR desempenha um papel fundamental na área do asilo e dos refugiados em Portugal. É o parceiro operacional do Alto Comissariado das Nações Unidas (ACNUR) para Portugal, mantendo um Protocolo de Cooperação, desde Julho de 1993, que visa a proteção jurídica e social dos requerentes e dos refugiados. A partir de Dezembro de 1998, data do encerramento do ACNUR em Portugal, o CPR passou a representar esta organização no nosso país. O CPR celebrou igualmente protocolos com o governo português (Ministério da Administração Interna e Ministério da Solidariedade e Segurança Social) e desenvolve projetos nas áreas do acolhimento de requerentes de proteção internacional e integração de refugiados. Os projetos atualmente em curso são maioritariamente financiados pelo Fundo Asilo, Migrações e Integração (FAMI) nas áreas do acolhimento e integração, recolocação, reinstalação de refugiados e formação. O CPR dá formação presencial e promove ações de sensibilização sobre Asilo e Refugiados junto de estabelecimentos de ensino do 1º, 2º, 3º Ciclo e Secundário - e a distância, o curso e-learning “Sensibilização Asilo e Refugiados”. Organiza ainda, a cada dois anos, congressos internacionais na Fundação Calouste Gulbenkian. Ao nível europeu o CPR é membro do European Council on Refugees and Exiles - ECRE (Conselho Europeu para os Refugiados e Exilados) e da European Legal Network on Asylum - ELENA (Rede Legal Europeia de Asilo) e da Rede Separated Children European Programme - SCEP (Rede Programa Europeu para as Crianças Separadas). Adicionalmente, o CPR integra vários projectos transnacionais no domínio do asilo e reufgiados. É membro da Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) criada pela Lei n.º. 134/99, de 28 de Agosto, representando as associações de direitos humanos.   Em 12 de Dezembro de 2000, o CPR foi distinguido com o "Prémio Direitos Humanos" da Assembleia da República.

NOTA:
A informação aqui disponibilizada é da inteira responsabilidade de cada uma das ONGD.